Ir para o conteúdo

Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Sebastianópolis do Sul - SP
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
Youtube
Nossa História

Em 1905, quando Januário Alves Ferreira doou 170 alqueires de terra para a Diocese de São José do Rio Preto, o povoado ficou conhecido por RIBEIRÃO por estar situado a aproximadamente 500 metros do Córrego do Ribeirão, tendo sua forma assemelhada a uma península por estar cercada por córregos por três lado. Como já dito, seu padroeiro é São Sebastião, reverenciado todos os anos no dia 20 de janeiro.

O fundador, Seu Januário, possui aproximadamente 2000 alqueires de terras no Município, tendo a lavoura de cereais e criação de gado como atividades principais, hoje a Praça da Matriz leva seu nome em agradecimento aos relevantes serviços. Em 1953, através de Lei Estadual 2456/53 de 31/12/1953 foi criado o distrito de Paz de Sebastianópolis do Sul.

Januário Alves Ferreira, nasceu aos 18 de setembro de 1866, filho de José Alves Ferreira e Imbilina de Souza, foi casado com a Senhora Maria Jacinta de Jesus, com quem teve 14 filhos, faleceu no dia 13 de abril de 1948 na cidade de Monte Aprazível.

Em 1956 o vilarejo foi elevado a categoria de Distrito, pertencente ao município de Monte Aprazível, permanecendo assim até o dia 28 de fevereiro de 1964, quando foi municipalizado tornando-se autonomo em seu destino.

Nesta data, por intermedio da Lei Estadual 8.092, foi elevado a condição de município, por esforço do Sr. Frederico Raia, vereador da época, sendo primeiro prefeito, a cidade conta hoje com diversas obras em seu nome em reconhecimento aos seus esforços.

Origem

Sebastianópolis do Sul, teve origem de seu nome em São Sebastião (Padroeiro da Cidade) , Polis (cidade) do Sul (para diferenciar de uma outra Sebastianópolis existente no estado do Rio Grande do Norte.

A cidade originou-se com a construção de uma capela coberta de palha no centro da gleba de terra doada. Depois tivemos a construção de uma Igreja, já em alvenaria e um coreto, que servia para realização de eventos e festividades, entre eles o mais destacado eram as quermesses em louvor a São Sebastião, servia ainda de ponto de encontro para que os jovens pudessem ouvir musicas, por ser o unico local na cidade que contava com serviço de auto-falante um feito excepcional para a época.

Durante o processo de urbanização Sebastianópolis contava com um crescimento muito tímido, pois pouco oferecia para que as pessoas deixassem a zona rural e viessem para a cidade, onde o comércio era muito pequeno, com poucos comerciantes, podemos observar por ser totalmente desprovida de habitações conforme fotos.

Então, os primeiros moradores foram construindo suas casas em volta a capela, formando assim o centro da cidade, onde permanece até os dias de hoje. Nota-se nas fotos que nos anos 80 já pudemos notar o quanto a cidade se desenvolveu, com grande migração do pessoal do campo para a zona urbana, se compararmos as fotos dos anos 60 com fotos dos anos 80 notamos a grande transformação ocorrida em Sebastianópolis do Sul.

De alguns anos para cá a cidade conta com prédios residenciais, comerciais e ainda com 100 % de infra estrutura (rede coletora de esgoto, abastecimento de água e pavimentação asfaltica), conseguido graças aos esforços de prefeitos que por aqui passaram e realizaram estas obras juntamente com a lagoa de tratamento de esgoto, inexistente em diversas cidades de nossa região.

 
 
 
 
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia